Identidade Visual: Quem não é visto não é lembrado


26/02/2018

Que a identidade visual é fundamental para o sucesso de uma marca nós não temos dúvida. Entenda o que é e como ela pode transformar seu negócio!

[Quiz]

Como está o Branding da sua Empresa?

Faça o Teste Grátis!

[Ebook]

O que é Branding e porque grandes marcas usam.

Baixe aqui o Ebook Grátis!


Não há dúvidas, a identidade visual é um recurso fundamental. Ela serve para a identificação e diferenciação de uma organização, pessoa ou serviço no mercado (e no mundo!).

 

Muitas vezes é ela que impacta o cliente pela primeira vez, antes mesmo do nome.

 

Isso acontece porque, dos sentidos humanos, a visão é o que mais fornece informações sobre o mundo. O cérebro memoriza primeiro as formas, o que faz com que as imagens possam ser reconhecidas e lembradas de maneira direta. Diferente da linguagem, que precisa ser decodificada.

 

Ou seja, antes de conseguir falar quem você é, você será visto! Portanto, é fundamental entender os mecanismos por traz de uma identidade visual e buscar formas de passar a melhor impressão possível.

O que é Identidade Visual?

Identidade Visual é um sistema de signos, símbolos e componentes visuais que representam os valores do negócio. Esses dão suporte à marca gráfica (o que popularmente chamamos de logotipo, logomarca, ou apenas logo).

 

Identidade Visual Arven

 

Em outras palavras, a identidade visual parte da marca gráfica, que é a representação visual mínima de uma empresa, produto ou serviço.

 

Com esse ponto de partida, cria-se um sistema que reflete de forma unificada o conceito do negócio (identidade corporativa) em sua aparência (imagem corporativa).  Para isso, se padroniza a utilização de paletas de cores, famílias tipográficas, ícones, , texturas, tratamentos de imagem, ilustrações e outros elementos, deixando uniformes todas as representações da marca.

 

Apesar disso, não queremos dizer que tudo numa identidade visual será sempre igual. O que acontece é que haverá elementos-chave e uma gama mais ou menos variada de recursos para serem utilizados sempre. A identidade visual também prevê variações, mas mesmo essas são planejadas.

 

Antes de prosseguirmos, é importante fazermos uma observação: nem toda identidade visual é feita para uma organização. Ela pode ser feita para algo mais específico, como um álbum musical, um filme, um festival, ou até para produtos efêmeros como festas e eventos de qualquer natureza. Quando você consegue identificar de que evento se está falando através de um cartaz de programação, ou de um outdoor de divulgação, toda a comunicação fica mais clara, certo? E não necessariamente ele se refere à marca de uma empresa. Assim funciona esse recurso.

 

 

Ebook Identidade Visual


Qual a importância disso?

Como dissemos no início do artigo, tudo começa pela identificação e diferenciação visual. Esse objetivo da empresa começa a ser atingido através do desenvolvimento de uma logo, mas o que fortalece a aparência e percepção sobre a marca é sua identidade visual, que vai sustentá-la repetidamente em suas aparições no mercado.

 

Um sistema visual coeso pode garantir o reconhecimento imediato da empresa, e dar apoio à marca em diversas mídias e pontos de contato.

 

Em termos emocionais, a repetição da identidade visual ajuda a fixar a marca e todas as associações que vem com ela na mente do consumidor. Além disso, uma comunicação visual consistente e unificada transmite segurança, e principalmente, credibilidade aos consumidores.

 

É um dos aspectos que ajudam o cliente a fazer escolhas e a depositar sua confiança em determinada marca. Imagine que cada vez que você fosse ao mercado as marcas e embalagens pudessem estar todas diferentes? Isso causaria um grande desconforto e atrapalharia o processo de compra, concorda?

 

Site e mobile Huggy

“Uma identidade visual fácil de lembrar e de reconhecer viabiliza a consciência e o reconhecimento de marca. A identidade visual provoca percepções e desencadeia associações a respeito da marca”. (WHEELER, Alina, 62.)

Onde é expressa a Identidade Visual?

A identidade visual pode e deve ser aplicada à todos os pontos de contato e meios de representação visual da empresa. Chamamos de pontos de contato tudo aquilo da marca que conversa com o cliente, desde a camiseta do atendente à maneira como ele responde mensagens no chat. Ou seja, nem todos os pontos de contato são visuais (a exemplo de SAC, chat, email, playlists, rádio), mas todos que são devem comunicar a mesma identidade visual.  

 

Identidade visual Aurum

 

Quanto mais visibilidade, melhor!

 

Sejam esses meios físicos ou digitais, independente do seu tamanho ou poder de alcance, isso ajuda a aumentar a consistência e reforçar a imagem da sua empresa para seus próprios funcionários e para o cliente final.

 

Listamos abaixo alguns exemplos de pontos de contato que normalmente recebem a Identidade Visual da marca:

 

Digitais:

 

  • Website
  • Avatar e  Capa de Redes Sociais (Facebook, Instagram, Twitter)
  • Assinatura de Email
  • Email marketing
  • Imagem do whatsapp
  • Vinhetas de televisão

 

Físicos:

 

  • Papelaria Institucional (Cartão de Visita, Papel Timbrado, Envelope, Pasta)
  • Catálogos
  • Revistas
  • Camisetas
  • Canetas
  • Sacolas
  • Folder
  • Flyer
  • Embalagens
  • Fachada
  • Sinalização
  • Outdoor
  • Uniformes
  • Envelopagem de veículo

 

Veja exemplos de identidades visuais completas com aplicações em diversos pontos de contato em nosso portfólio.

 

Se quiser saber mais sobre a importância dos pontos de contato para o sucesso de uma marca, veja nosso post sobre o assunto!

 

Benefícios práticos 

Uma identidade visual, quando bem feita, pode trazer consequências palpáveis no dia a dia da empresa, trazendo os seguintes benefícios práticos:

 

Gondola produtos

 

  • Identificação pelo Público: Passar a mensagem clara e simples do que se é, e do que se oferece. Diferenciação dentre outras marcas.
  • Padronização Visual: Uniformidade e organização visual. Torna mais fácil o reconhecimento. Reforça a imagem corporativa a cada material da marca, fixando-a na mente do consumidor.
  • Diferenciação de Produtos: A partir de uma identidade visual é possível criar subprodutos, relacionando-os com a marca mãe, mas diferenciando-os entre si. Ou seja, um bom sistema visual ajudar a organizar o portfólio de produtos.
  • Possibilidade de Expansão: Só é possível abrir uma franquia ou expandir os negócios com uma identidade visual bem estruturada, pois, além dos produtos, esse é o principal ponto que dará uniformidade à rede. Quando você pensa na Cacau Show, por exemplo, você espera encontrar um ponto de venda em tons de marrom, com vitrines chamativas, uma fonte de chocolate, e decoração similar às que você costuma ver nas lojas da rede, certo? Para que ocorra essa ideia de continuidade, devem haver regras claras que podem ser utilizadas e reproduzidas por terceiros, mantendo uniformidade entre as aplicações.
  • Diretrizes para aplicação e manipulação da marca. A Identidade Visual produz um manual que regulamenta o sistema visual, guiando como e em que situações a marca deve ser usada. Esse documento é essencial para que a marca possa ser mexida por diversos profissionais  e, mesmo assim, preserve sua integridade. Imagine se uma só pessoa pudesse manipular uma Identidade Visual como a da Coca-Cola? Seria impossível ganhar o mundo como a marca fez, e muito menos sobreviver por tanto tempo.

 

O que não é Identidade Visual

Apesar de sua grande relevância, queremos lembrar: uma logo e uma identidade visual não são tudo que uma marca precisa para se diferenciar e se consolidar no mercado.

 

Além do campo visual existe todo um universo a ser explorado pela identidade corporativa que a identidade visual não atende. O universo de marca fala sobre a personalidade do negócio: o que a marca pensa e acredita (posicionamento), sua razão de existir (propósito), como ela se comporta, qual seu discurso, sua linguagem verbal, sua cultura interna (equipe, espaço físico), suas estratégias de comunicação para ser entendida pelo público, as ações de marketing (digital e tradicional) e campanhas de publicidade que ela utiliza para alcançar mais pessoas (ou as pessoas certas).

 

Tudo isso está incluído e correlacionado dentro do Branding, que é nossa especialidade. O branding é uma ferramenta de gestão de marca que ajuda a definir e administrar todos os aspectos que citamos acima utilizando a marca como ativo. Ele é amplamente utilizado por grandes marcas para obter sucesso até mesmo em níveis administrativos. Para saber mais sobre esse assunto tão interessante,  baixe nosso eBook “O que é Branding e por que grandes marcas usam”.

 

Não basta parecer

Esperamos que tenha ficado claro o que é uma identidade visual, sua valiosa função e como ela beneficia marcas e negócios. Esse recurso é um dos principais pontos para se diferenciar visualmente e passar mais claramente a mensagem que se deseja para o público.

 

No entanto, antes de qualquer decisão visual, recomendamos que toda empresa dê uns passos atrás para se autoconhecer. Muitas marcas constroem sua imagem apenas em cima da linguagem visual do mercado, sem levar em conta suas particularidades. Isso não é de todo errado, mas não é uma premissa sólida o suficiente, e torna mais difícil a diferenciação dentre os concorrentes.

 

O ideal é construir uma identidade visual pautada em uma base conceitual forte. É necessário uma estratégia , um dna empresarial e um propósito de marca bem definido. Assim se garante um terreno firme para hastear uma bandeira. Sem valores e autoconhecimento, a marca não tem referência para ser representada visualmente, e em pouco tempo poderá destoar daquilo que acredita ou da promessa que entrega. Isso pode causar grandes problemas e demandar um enorme retrabalho (e reinvestimento de tempo e dinheiro) em cima da marca gráfica e da identidade visual. 

 

Identidade Visual Hiper

 

Para ir além, as marcas precisam se desenvolver de dentro para fora. Só assim é possível construir uma ponte entre a identidade e a imagem corporativa. Esses atributos devem seguir uma só linha de raciocínio, facilitando todas as formas de expressão da empresa no mundo. Esse pensamento nos traz mais uma vez ao Branding e ao que acreditamos ser o melhor cenário para o crescimento: todas as definições da marca devem partir de seu propósito, inclusive a identidade visual. 

 

Portanto, lembre-se: não basta parecer, é preciso ser. 

 

Precisando criar ou aperfeiçoar sua marca?
Nós podemos ajudar, entre em contato!

 

[Quiz]

Como está o Branding da sua Empresa?

Faça o Teste Grátis!

[Ebook]

O que é Branding e porque grandes marcas usam.

Baixe aqui o Ebook Grátis!