[Passo 2 de 9] O DNA Empresarial


10/07/2014

Uma marca é construída e lapidada de dentro pra fora, logo, as pessoas que trabalham nela tem um papel crucial em seu desenvolvimento. É importante conhecer a essência de sua empresa (identidade corporativa) antes de propor posicionamentos arbitrários em seu discurso...

[Quiz]

Como está o Branding da sua Empresa?

Faça o Teste Grátis!

[Ebook]

O que é Branding e porque grandes marcas usam.

Baixe aqui o Ebook Grátis!


 

 

Este é o passo 2 de 9 para construção de uma marca forte (veja os 9 passos aqui).

Provavelmente você já se perguntou qual imagem é a adequada para ser transmitida através de sua marca. O que sua marca deve parecer. Esta, aliás, é uma prática comum também entre agências de publicidade e escritórios de design na hora de fazer o briefing de um projeto. Deixa-se de lado, no entanto, a pergunta essencial para que se consiga avançar durante um projeto de marca: alguma vez você já parou para pensar, de fato, quem sua empresa é?

Uma marca é construída e lapidada de dentro pra fora, logo, as pessoas que trabalham nela tem um papel crucial em seu desenvolvimento. É importante conhecer a essência de sua empresa (identidade corporativa) antes de propor posicionamentos arbitrários em seu discurso de marca. Nenhum redesign de marca salvará uma empresa que promete vender inovação e entrega produtos tradicionais, por exemplo.

É importante conhecer as características de sua empresa, de seus funcionários, gestores, etc. antes mesmo de desenhar sua marca e prometer coisas que sua empresa não pode cumprir.

 

 

A maneira mais interessante de obter informações reais sobre a sua empresa é a prática de workshops com atividades lúdicas e menos formais com a equipe da empresa.

 

Nossa sugestão é:
#1 Reúna seus funcionários em um ambiente descontraído e proponha uma atividade;
#2 Peça que façam metáforas, comparando a empresa com outras coisas. Como por exemplo: Se a empresa fosse um animal, que animal seria? Peça que citem 5 características desse animal que fazem correlação com a sua empresa.
#3 Peça que façam novas metáforas, comparando com outras coisas;
#4 Reúna todas as características apresentadas, provável que sejam em sua maioria adjetivos;
#5 Por fim, enumere as características mais recorrentes, e discuta se todos concordam que as que mais apareceram realmente refletem sua empresa.

O objetivo central é materializar através de características (principalmente adjetivos) os atributos essenciais de sua empresa, ou seja, os traços mais perenes e também os temporários. Fique atento durante o workshop pois podem surgir discussões interessantes entre a equipe, mostrando exatamente como as pessoas se relacionam e funcionam dentro dela.

 

 

01_img

 

 

O DNA Empresarial ajuda a empresa a se conhecer, faz com que ela se olhe no espelho e, com isso, alinhe seu discurso à suas práticas. Quanto mais próxima sua identidade corporativa (aquilo que sua empresa é) estiver da imagem corporativa (aquilo que os clientes percebem sobre sua empresa), mais claro e coerente estará seu discurso de marca.

 

Se seu produto não é o mais barato do mercado, por exemplo, sua empresa não deve prometer preço baixo. Em vez disso, deve focar no que diferencia o seu produto dos demais. Qualidade, customização, ou qualquer outro aspecto… a resposta depende do resultado encontrado no seu DNA.

 

Em um cenário onde a confiança por parte do cliente é fator determinante na hora de decidir entre vários produtos ou serviços, entregar realmente aquilo que se promete é essencial para o sucesso. Para conhecer mais sobre o assunto e conhecer alguns métodos para realização dos workshops, recomendamos muitíssimo a leitura do livro DNA Empresarial: Identidade corporativa como referência estratégica de Lígia Fascioni (http://www.ligiafascioni.com.br/). Com base nessa leitura que desenvolvemos nossa metodologia de pesquisa do DNA Empresarial.

 

Agora que você já possui uma análise detalhada do Cenário de Marca e conhece a essência de sua empresa, chegou a hora de cruzar estas informações. A próxima etapa do processo é onde você determinará conceitualmente o seu propósito de marca, mas, é claro, o resultado não surgirá de forma espontânea. Antes, é preciso colocar a criatividade para funcionar num processo que chamamos de Geração de Ideias. Para conhecê-lo, fiquem ligados nos próximos posts 😉

 

[Quiz]

Como está o Branding da sua Empresa?

Faça o Teste Grátis!

[Ebook]

O que é Branding e porque grandes marcas usam.

Baixe aqui o Ebook Grátis!